sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Odebrect afirma que pagou caixa dois em dinheiro vivo para Alckmin

 Alckimin 2

Em seu acordo de delação premiada, a Odebrecht afirmou que pagou caixa dois em dinheiro vivo para as campanhas de 2010 e 2014 do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB).
Executivos da empreiteira mencionam duas pessoas próximas ao governador como as intermediárias dos repasses e afirmam que não chegaram a discutir o assunto diretamente com Alckmin. R$ 2 milhões em espécie foram repassados ao empresário Adhemar Ribeiro, irmão da primeira-dama, Lu Alckmin.
A entrega do recurso teria ocorrido no escritório de Ribeiro, na capital paulista.
Folha de S.Paulo.

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Moro de cochichos com Aécio é falta de recato

Graças ao seu desempenho à frente da Lava Jato, Sergio Moro tornou-se um colecionador de homenagens. Na noite de terça-feira(6), o magistrado foi premiado por uma revista como ‘Brasileiro do Ano na Justiça’. Dividiu o salão com investigados e suspeitos. 

Foi fotografado confraternizando com o grão-tucano Aécio Neves, alvo de delações e protagonista de inquérito no Supremo Tribunal Federal.

Normalmente, o juiz da Lava Jato revela em suas aparições públicas muita presença de espírito. Talvez devesse considerar a hipótese de começar a perseguir um outro objetivo: a ausência de corpo. Seriedade é como gravidez. 

Nenhuma mulher pode estar um pouquinho grávida, como um juiz não pode ser um pouco sério. A imagem de Moro aos cochichos com o investigado Aécio é um flagrante de falta de recato.
JOSIAS DE SOUZA

Planalto comemora decisão do STF que teve apelo de Temer e dois ex-presidentes

FHC e Sarney nas comemorações dos 15 anos do Real (Foto: Antonio Cruz / Agência Brasil)
O Palácio do Planalto comemorou a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) desta quarta-feira que manteve Renan Calheiros (PMDB-AL) na presidência do Senado. 

Preocupado com o risco de uma paralisia da votação de matérias do ajuste fiscal, como a PEC que estabelece o teto de gastos pelo poder público, o presidente Michel Temer se mobilizou desde a tarde de terça para tentar uma “solução alternativa” à liminar do ministro Marco Aurélio Mello, que retirava Renan do poder.

Cúpulas do Senado, do PMDB e do PSDB, ex-ministros do STF, e os ex-presidente da República José Sarney e Fernando Henrique Cardoso passaram a atuar junto a ministros do STF, num apelo para que não se ampliasse o clima de instabilidade política no país, com o afastamento de Renan a poucos dias do início do recesso parlamentar.
O Globo

Lula vai à Justiça e diz que FOTO com Aécio reforça parcialidade de Moro; ex-presidente ainda fala em “moleques” no MP.

images-cms-image-000526482
Advogados do ex-presidente levaram à Justiça nesta quarta-feira 7 registros para complementar ação protocolada anteriormente em que acusam o juiz federal Sérgio Moro, da Lava Jato, de não ser imparcial.

Os fatos levados ao desembargador federal João Pedro Gebran, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, mostram que Moro esteve, apenas nessa semana, em dois eventos do PSDB ou próximo de grandes figuras do partido, um em Mato Grosso e outro, na noite de ontem, em São Paulo, promovido pela revista IstoÉ.

Em Cuiabá, Moro aparece em fotos no mesmo palco que o governador Pedro Taques (PSDB) e, em seu discurso, elogiou um deputado tucano. Após a divulgação das fotos do evento, o ex-presidente Lula acusou o magistrado de ser um militante tucano (leia aqui).

No evento da IstoÉ, o juiz foi premiado Homem do ano de 2016 na categoria Justiça e teve fotos divulgadas à exaustão nesta quarta, em momentos íntimos e de confraternização com o senador Aécio Neves, político mais delatado na Lava Jato, e o ministro José Serra, acusado de ter recebido R$ 23 milhões em propina da Odebrecht por meio de uma conta na Suíça. Moro aparece ainda nas imagens com o governador Geraldo Alckmin (PSDB) e Michel Temer.

No vídeo aqui, Lula faz duras críticas a Moro e ironiza a força-tarefa da Operação Lava Jato. Segundo ele, o Ministério Público “virou um bando de ungidos que vai salvar a humanidade”.
Brasil 247

STF decide manter Renan no comando do Senado, mas tira senador da linha sucessória da Presidência

renan-calheiros
A maioria do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu na tarde de hoje (7) manter o presidente do Senado Renan Calheiros (PMDB-AL) no cargo. Seis ministros votaram para derrubar a decisão individual do ministro Marco Aurélio, que determinou o afastamento, na última segunda-feira.

Votaram pelo afastamento de Renan os ministros Marco Aurélio, Edson Fachin e Rosa Weber. 

Celso de Mello, Dias Toffoli e Teori Zavascki, Luiz Fux, Ricardo Lewandowski e Cármen Lúcia foram contra.

Dois ministros não participaram do julgamento. O ministro Gilmar Mendes está em viagem oficial à Suécia e Luís Roberto Barroso está impedido de julgar a questão porque trabalhou com os advogados da Rede antes de chegar ao Supremo.
Agência Brasil

Guamaré - RN; Arvore de Natal é acesa dando início as festividades natalinas

arvore-natal
As festividades do Natal ganhou um toque especial na abertura do Natal em Guamaré na noite desta terça-feira (06). A vice-prefeita, Maria de Souza, representou o prefeito Hélio Miranda, e após uma contagem regressiva, Pretinha como é mais conhecida, acendeu a chave de força das luzes da árvore, emocionando o público presente por sua beleza.
A solenidade contou com a presença de vereadores, secretários, autoridades políticas, e religiosas, como o Pastor Antonio Neto, da Igreja de Cristo no Brasil, e a comunidade em geral que atenderam o convite do prefeito. A árvore tem 30 metros de altura e um sistema de iluminação em LEDs com mais de 180 combinações de efeitos luminosos, instalado na entrada da cidade no conjunto Vila Maria.
O Natal em Guamaré contará ainda com uma vasta programação natalina durante este mês de dezembro, que irá proporcionar um clima de confraternização entre os Guamareenses, tudo que simboliza o natal.
O coral de musica do Projeto Criança Petrobras da prefeitura de Guamaré, realizou um show a parte, tocando para os presentes temas e músicas clássicas do natal colocando uma pitada de emoção no evento.
A vice-prefeita, Maria de Souza, disse que “a prefeitura preparou com carinho um evento especial para as famílias, com muita alegria e confraternização. Um momento especial de reflexão sobre a comemoração natalina e tudo que a data representa em nossas vidas”. Destacou.arvore-natal-1


Guamaré em Dia

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Com reforma, aposentadoria rural terá contribuição individual

IMG_0421


A aposentaria rural foi inserida na regra geral da proposta de reforma da Previdência apresentada pelo governo federal nesta terça-feira (6), em Brasília. 

Vá minha filha por ali…

CzAxu_8WIAA7SdZ
Os agricultores vão contribuir de forma individual com uma alíquota sobre o limite mínimo da base de cálculo para o recebimento do benefício.

Henrique Alves será ouvido por Sérgio Moro nesta quarta

Resultado de imagem para henrique alves
Por G1/PR
O juiz federal Sérgio Moro ouve, nesta quarta-feira (7), seis testemunhas de defesa arroladas pelos advogados do deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) em processo da Operação Lava Jato.

Os depoimentos começam às 9h30, sendo primeiro a falar o ex-deputado federal João Lúcio Magalhães Bifano. Depois, é a vez do vice-governador de Minas Gerais, Antônio Eustáquio Andrade Ferreira, com audiência marcada para as 9h50.

O deputado federal Leonardo Lemos Barros Quintão (PMDB-MG) é o terceiro a ser ouvido, às 10h15. Em seguida, às 10h30, fala José Saraiva Felipe, também deputado federal pelo PMDB de Minas Gerais.

José Múcio Monteiro, ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), presta depoimento às 10h40. A última testemunha a ser ouvida é Henrique Eduardo Lyra Alves, ex-ministro do Turismo nos governos Dilma Rousseff e Michel Temer, às 14h.

Jornalista Ciro Marques esta entre os premiados pelo Ministerio Publico que elegeu os melhores trabalhos da imprensa em 2016.

(foto- Ciro Marques e Tulio Lemos)

Jornalistas sao premiação pelo o Ministério Público do Rio Grande do Norte que elegeu os melhores trabalhos da imprensa relacionados à instituição em 2016.

RADIOJORNALISMO
Radiojornalismo: 1º lugar: Mallyk Nagib Gonçalves de Sousa (CBN). “UBER x Táxi em Natal”

Radiojornalismo: 2º lugar: Ciro Pereira Revoredo Marques (96 FM). “Trânsito de carroças em Natal”

Radiojornalismo: 3º lugar: Roberta Caroça Seixas (CBN). “Transformando Destinos e as estratégias de enfrentamento às drogas”
Blog do BG: 

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Justiça manda prender Adriana Ancelmo 19 dias após o marido Sergio Cabral

adriana-ancelmoAdriana Ancelmo, mulher do ex-governador Sérgio Cabral – Ricardo Moraes / Reuters
Acusada de corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa pela força-tarefa da Lava-Jato no Rio, a ex-primeira-dama do Rio de Janeiro Adriana Ancelmo é alvo nesta terça-feira de um mandado de prisão expedido pela Justiça Federal.

A prisão de Adriana acontece 19 dias após a do marido Sérgio Cabral, apontado como líder do grupo que desviou ao menos R$ 224 milhões em obras com diversas empreiteiras como a reforma do Maracanã e o Arco Metropoliltano, em troca de aditivos em contratos públicos e incentivos fiscais.

A ex-primeira-dama do Rio de Janeiro Adriana Ancelmo é investigada pela Operação Lava-Jato por suspeita de usar seu escritório de advocacia para receber propina.

Somente sete dos dez maiores contratos do escritório de Adriana Ancelmo somam 27 milhões de reais.
O esquema com empreiteiras bancou uma vida de luxo para Cabral, Adriana e outros envolvidos.
O dinheiro de propina pagou viagens internacionais, idas a restaurantes sofisticados, uso de lanchas e helicópteros e compras de joias.
O Globo

João Câmara - RN/ Mauricio, Holderlin e Luiz de Berre poderao perder o mandato, isso porque o MPE entrou com Ação de Investigação Judicial Eleitoral

Resultado de imagem para mauricio e holderlin
O Ministério Público Eleitoral – MPE da 10ª Zona Eleitoral em João Câmara entrou com uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral para apurar  denúncias de abuso de poder econômico e político durante o pleito eleitoral deste ano no município.
A Ação relata abuso de poder econômico, abuso de poder político/autoridade, pedido de cassação/perda de mandato eletivo, pedido de cassação de diploma, pedido de declaração de inelegibilidade, pedido de providências.
Os investigados são o atual prefeito Ariosvaldo Targino de Araújo, o prefeito eleito Mauricio Caetano, o vice-prefeito eleito Holderlin Silva de Araújo, o vereador reeleito Luiz Araújo da Costa, a Secretária de Assistência Social, Maria Redivan Rodrigues,  Arison Targino(filho do prefeito), a empresária Romeika de Morais Costa e Izilânia Régia Silva.
O Processo pode ser acompanhado por qualquer cidadão através do site do TRE/RN, número do processo 0000698-53.2016.6.20.0010.acao

Finalmente a Juíza de Macau solta o ex-prefeito Flavio Veras.

Resultado de imagem para flavio veras macau
O ex-prefeito de Macau, Flávio Veras vai passar as festas de fim de ano em casa. 
A Juíza Cristiany de Vasconcelos acabou de publicar o alvará de soltura, para que o empresário seja imediatamente posto em liberdade. 
Flávio estava preso há pouco mais de um ano, cumprindo decisão da justiça, detido provisoriamente no Centro de Detenção de Pirangi, em Natal.

Juiz de MT manda bloquear R$ 108 milhões de ministro e de sócios

O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, durante coletiva antes de participar do debate 'O Futuro e os Desafios do Brasil', no Grand Hotel Hyatt, na Zona Sul de São Paulo (Foto: Hélvio Romero/Estadão Conteúdo)
A Justiça de Mato Grosso determinou o bloqueio de R$ 108 milhões em bens do ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, e de mais cinco sócios dele em duas fazendas localizadas no Parque Estadual Serra Ricardo Franco, em Vila Bela da Santíssima Trindade, a 562 km de Cuiabá, por degradação ambiental. Cabe recurso das decisões.

Por meio de assessoria, Eliseu Padilha informou que foram bloqueados da conta bancária dele R$ 2.067. “Tomei conhecimento da existência de duas ações civis públicas em Vila Bela da Santíssima Trindade, que tratariam de desmatamentos que nunca fiz. 

Em decorrência, foi bloqueada minha conta corrente bancária com o saldo de R$ 2.067,12, originário de minha aposentadoria. Tão logo tenha conhecimento dos processos manejarei os recursos competentes para demonstrar que tais ações são improcedentes”, declarou, em nota.

As decisões do juiz Leonardo de Araújo Costa Timiati, da Vara Única daquele município, foram dadas no dia 30 de novembro. Conforme o magistrado, os montantes bloqueados devem servir para a recuperação das áreas degradadas.

A Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema) identificou o desmate irregular de 82,75 hectares na Fazenda Paredão, sem autorização ou licença ambiental. Por causa dos danos, o magistrado mandou bloquear R$ 69.896.312,85 em bens do ministro e de outros seis sócios dele.

Já na Fazenda Cachoeira foi constatado o desmatamento irregular de 735 hectares na área rural, sem autorização ou licença expedida pela Sema, além do uso de ocupação do solo em desacordo com o Sistema Nacional de Unidade de Conservação (Snuc). 

Por causa da devastação, foi lavrado pela Sema um auto de infração, segundo a decisão. Pelos danos ambientais causados nessa área, o juiz determinou o bloqueio de R$ R$ 38,2 milhões em bens do ministro e de outras quatro pessoas.
G1

Renan se recusa a receber notificação do STF sobre afastamento da presidência do Senado

Antônio Cruz (Foto: Agência Brasil)
O Globo
O oficial do Supremo Tribunal Federal (STF) foi na noite desta segunda-feira à residência oficial do Senado para entregar ao senador Renan Calheiros (PMDB-AL) a notificação da decisão do ministro Marco Aurelio Melo sobre o afastamento da presidência do Senado. Renan se recusou a receber o oficial. 

O peemedebista foi até a porta e voltou sem a notificação. O oficial saiu alguns minutos depois com os papéis na mão.

Segundo o secretário geral da mesa Senado, Bandeira de Melo, Renan alegou que não se pode receber notificação judicial após as 18h, segundo a lei.

Perguntado sobre como Renan reagiu à decisão do ministro do Supremo, o líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira, disse que ele está tranquilo e que vai receber a notificação amanhã às 11h.

Proerd forma mais de 700 alunos no Rio Grande do Norte

thumbnail_Proerd formatura

O Comando da 3ª Companhia Independente de Polícia Militar de Currais Novos (3ª CIPM), e a Coordenação Regional do Programa Educacional de Resistência ás Drogas (Proerd), formam nos próximos dias mais de 700 alunos. 
No dia 8 de dezembro, 318 crianças estarão concluindo o programa em Parelhas. Já no dia 9 é a vez de 300 alunos se formarem na cidade de Cerro Corá. Na semana seguinte, dias 12 e 13, serão 137 alunos em Bodó e 22 em Currais Novos (estes parte do Projeto de Polícia Mirim), respectivamente.
Na semana passada, o Proerd já havia conluído a capacitação de cerca de 1200 alunos, do 5º e 7º ano, de 27 escolas de Currais Novos. 
O Proerd é desenvolvido nas escolas públicas e particulares, no 5º e 7º ano do Ensino Fundamental, na educação infantil (PROERD Kids) e para adultos com o Proerd para Pais, por policiais militares treinados e preparados para desenvolver o lúdico através de metodologia especialmente voltada para crianças, adolescentes e adultos. 
O objetivo é transmitir uma mensagem de valorização à vida, e da importância de manter-se longe das drogas e da violência.

Petista assume presidência do Senado após afastamento de Renan

SENADOR PETISTA 1200

Com o afastamento do senador Renan Calheiros (PMDB-AL) pelo STF, assume o comando do Senado, o primeiro vice-presidente Jorge Viana (PT-AC).
Segundo o Jornal Estadão de São Paulo, a decisão de tirar Renan do posto foi tomada na tarde desta segunda-feira (5) pelo ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), que atendeu ao pedido do partido Rede Sustentabilidade e concedeu uma medida liminar (provisória).
A deliberação foi tomada no âmbito de uma ação ajuizada pela legenda que pede que réus não possam estar na linha sucessória da Presidência da República.

Caso de polícia: Medicamentos são jogados entre Apodi e Severiano Melo

Medicamento jogado em terreno baldio
Medicamento jogado em terreno baldio
Imagens que circulam nas redes sociais, nesta manhã de segunda-feira, 05 de dezembro, causam revolta na região Oeste potiguar. Centenas de medicamentos, aparentemente oriundos do Sistema Único de Saúde (SUS), foram jogados entre às cidades de Apodi e Severiano Melo.
Enquanto o País vive o maior caos da sua história na saúde pública, este fato estarrece ao nos fazer crer que alguma prefeitura da região pode ter deixado de suprir a necessidade de centenas de famílias, que buscaram medicamentos na Farmácia Básica, abastecida pelo SUS, optando por jogar medicamentos no lixo.
A primeira certeza que se tem é a de que um crime grave foi cometido e que este deve ser investigado pela Polícia e o Ministério Público. Mesmo que os medicamentos estejam vencidos, certamente não se venceram por falta de demanda de consumo, valendo ressaltar que jogar medicamento em grande quantidade em via pública também é crime ambiental.
Em algumas das imagens, etiquetas deixam claro que a origem dos medicamentos jogados no lixo é a cidade de Apodi. Resta apurar se tais medicamentos tem alguma relação com o poder público daquela ou de outra cidade.medicamentos-lixo-1

Ministro do STF afasta Renan da presidência do Senado

Renan é afastado da presidência do Senado Federal pelo STF
Renan é afastado da presidência do Senado Federal pelo STF
Do G1 – O Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello concedeu liminar (decisão provisória) nesta segunda-feira (5) para afastar Renan Calheiros (PMDB-AL) da presidência do Senado. 
O ministro atendeu a pedido do partido Rede Sustentabilidade e entendeu que, como Renan Calheiros virou réu no Supremo, não pode continuar no cargo em razão de estar na linha sucessória da Presidência da República.
“Defiro a liminar pleiteada. Faço-o para afastar não do exercício do mandato de Senador, outorgado pelo povo alagoano, mas do cargo de Presidente do Senado o senador Renan Calheiros. 
Com a urgência que o caso requer, deem cumprimento, por mandado, sob as penas da Lei, a esta decisão”, afirma o ministro no despacho. Na semana passada, o plenário do Supremo decidiu, por oito votos a três, abrir ação penal e tornar Renan réu pelo crime de peculato (apropriação de verba pública).
Segundo o STF, há indícios de que Renan fraudou recebimento de empréstimos de uma locadora de veículos para justificar movimentação financeira suficiente para pagar pensão à filha que obteve com a jornalista Mônica Veloso. 
E também há indícios de que usou dinheiro da verba indenizatória que deveria ser usada no exercício do cargo de Senador para pagar a locadora, embora não haja nenhum indício de que o serviço foi realmente prestado.

Sem Renan Calheiros, PEC do teto dos gastos deve empacar no Senado

Jorge Viana(PT) passa a ser o presidente do Senado com afastamento de Renan
Jorge Viana(PT) passa a ser o presidente do Senado com afastamento de Renan
O afastamento de Renan Calheiros (PMDB-AL) da presidência do Senado por decisão liminar (provisória) do ministro do STF Marco Aurélio Mello colocou um oposicionista na presidência da casa. Jorge Viana (PT-AC), o vice, assume.
O petista ficará sob pressão de seu partido para fazer tudo o que puder e impedir a votação da PEC que limita o aumento dos gastos públicos. A proposta é o carro-chefe do governo Temer para a recuperação econômica. Minutos após a decisão de Marco Aurélio Mello, o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) já articulava ao telefone para tentar barrar a votação da PEC do teto no Senado.
O líder do governo no Congresso, senador Romero Jucá (PMDB-RR), elogiou Jorge Viana. Disse que o senador do PT na presidência da Casa não vai atrapalhar os trabalhos do governo. ”Trabalhador, comprometido com o país, um grande senador”, disse Jucá.
Fernando Rodrigues

Giselda Trigueiro paralisa atendimentos por falta de higiene no hospital

Hospital Giselda Trigueiro
Hospital Giselda Trigueiro
O Hospital Giselda Trigueiro divulgou nota em que informou que seus atendimentos externos e internos estão suspensos desde o meio-dia desta segunda-feira (5). O motivo, segundo o informe, são as condições precárias de higiene pelas quais o hospital passa desde os últimos meses, resultando recentemente em um agravamento. 
Os pacientes internados, contudo, continuarão a ser atendidos e, segundo promete o hospital, “todos os esforços possíveis serão feitos para dar um mínimo de dignidade aos enfermos”.
Ainda de acordo com a nota, “o setor de Higienização do hospital era 100% dependente de uma única empresa terceirizada que tinha contrato com a Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Norte (Sesap) para prestação de serviço no HGT. 
Esse contrato se encerrou há alguns meses e, desde então, a limpeza do hospital tem sido bastante precária, motivo pelo qual desativou-se 26 leitos”. Sem que os leitos sejam higienizados, o hospital fica impossibilitado de receber novos pacientes.
Agora RN